Como superar o medo da crise e sair fortalecido

Uma das melhores maneiras de enfrentar o medo – da crise – é ter o preparo adequado para o desafio

Na minha carreira, uma das coisas mais importantes que aprendi é que devemos estar preparados para atuar sob forte pressão.
Na caminhada pela vida, muitos desafios vão aparecer. Ter sucesso significa enfrentar problemas cada vez maiores. Com eles, virão dúvidas, ansiedade, medo e muita pressão. É natural que seja assim. Coisas novas e importantes na nossa vida sempre nos dão um frio na barriga.
Em época de crise, um período desordenado e instável como estamos vivendo agora, muitos profissionais e empresários se sentem frustrados, desanimados com os resultados que têm na carreira e nos negócios.
Eu não gosto de ver as pessoas abaladas pela crise porque este pode ser um momento transformador, de grandes oportunidades para quem está a fim de trabalhar.
Muitas soluções criativas, que transformam a vida das pessoas, surgem nos momentos de crise, mas quem vence sob estas circunstâncias são as pessoas que não se acomodam e agem efetivamente para ter sucesso.
Mas não minta para si próprio. Quantas vezes você é o próprio responsável por estragar o que tinha tudo para dar certo? Vejo muitas pessoas se dedicando às desculpas, usando a crise como pretexto para o fracasso e isso me deixa muito triste. Nunca vou me acostumar a ver esse tipo de situação sem refletir o que poderia ter sido diferente se a pessoa tivesse se dedicado aos seus projetos com mais disciplina e comprometimento.
Você pode analisar como preferir. Somos nós responsáveis pelas nossas escolhas ou simplesmente escravos da procrastinação e falta de engajamento?
Você compra a revista com o guru da gestão na capa, mas não segue nenhuma lição? Freqüenta um curso, mas passa mais tempo trocando mensagens pelo WhatssApp e nem percebe o que está perdendo?
O que está prendendo você? Por que você não está fazendo o que irá construir o seu sucesso, independente do momento que vivemos? Por que você continua a dar desculpas para a falta de sucesso e realização na sua vida e nos negócios?

Abaixo, listo algumas das desculpas que tenho ouvido muito frequentemente nas palestras ou aulas que ministro e vejo que é possível sair desta armadilha mais fortalecido se você estiver preparado para encarar o desafio.

1- É a crise, estúpido!
Não sei quem cunhou o jargão, mas uma coisa é certa: por mais que haja uma crise macroecoômica, de imagem e reputação tanto do governo como de muitas empresas, não caia na tentação de usar este argumento para tudo que não dá certo na sua vida. O perdedor faz 3 coisas bem feitas. Ele acusa, reclama e dá desculpas. Fuja disso, pelo amor de Deus!

2- Eu não tenho conhecimento ou informação
Aprendizagem leva tempo. No entanto, você ainda tem a internet na busca por conhecimento e informações. Digamos que, por qualquer motivo, você não pode encontrar o que necessita através de Google. Bem, então, compre um livro. Faça um curso. Ache um mentor. Pergunte aos seus amigos e colegas. Hoje em dia, a informação é mais fácil do que nunca de se encontrar. O que é muitas vezes difícil é separar o que é relevante do que não é. Na internet, você pode até mesmo fazer cursos online gratuitos, que fornecem, além do conhecimento, um certificado que pode auxiliá-lo de muitas formas. Além disso, o ensino superior, hoje, é muito mais acessível, e a preços incrivelmente baixos, como antes não se imaginava. Basta querer!

3- Eu não tenho um bom networking

Assim como a educação, as pessoas estão mais acessíveis do que nunca. LinkedIn, Facebook, Instagram… só pra falar nos mais usuais. Por lá, você já encontra quase todo mundo. Mas, obviamente, não centre sua rede nos contatos virtuais. Lembre-se que o contato presencial é fundamental para ativação da rede. O mais importante é mostrar que você está interessado e construir relações de longo prazo.

4- Eu não tenho dinheiro

Dinheiro nem sempre é fácil de adquirir. Se fosse, todo mundo teria muito. No entanto, ele está lá fora, disponível. Em tempos de crise, não é que o consumo acabe e você nunca mais vender seu produto ou serviço. O consumo, em todas as classes, vai continuar existindo, mas as pessoas ficarão mais seletivas e exigentes, cuidando onde vão investir seu dinheiro. Na verdade, neste exato momento, alguém está assinando um contrato para fazer algo que você poderia ter feito melhor!
Em vez de “Eu simplesmente não tenho o dinheiro”, pense da seguinte maneira: “Eu não tenho dinheiro agora, mas posso encontrá-lo.” E pense o que pode fazer para ganhar mais. Ou gaste menos.
Independente do que você faz, planeje um orçamento. Em seguida, cumpra-o e reserve tanto quanto possível para uma poupança para o seu futuro ou para casos emergenciais (agora, na crise, e sempre!).
5- Eu não posso assumir o risco agora

Por que não? Se não agora, quando?
Esta desculpa seguirá você para sempre. Nunca haverá um momento perfeito para qualquer coisa. Nós, assim como na tecnologia, estamos sempre na versão beta. Você quase sempre vai ter que iniciar com alguma dúvida e sacrificar muita coisa para realizar seus objetivos e planos. Esta desculpa geralmente apenas decorre do medo do desconhecido. Encare de frente, deixe isso para trás. Vamos dizer que sua idéia (a coisa que você “não pode arriscar” por enquanto) ajudaria significativamente outras pessoas. Por que não mergulhar de cabeça para fazê-lo? Você está negando as outras pessoas uma vida melhor. É isso mesmo que você quer?

Prepare-se, encare de frente todos e quaisquer obstáculos que a vinha possa trazer, seja absurdamente focado em resultados e, tenho certeza, você passará por este momento desafiador da economia com muito mais tranquilidade e segurança. Você merece ser feliz, realizar seus planos, ajudar sua família. Vá à luta e vença!

Deixe uma resposta